domingo, 7 de dezembro de 2008

Blog da Árvore






Sonhos Coletivos




Somos







solos



solitários



Enquanto não houver igual democracia
Enquanto a tecnologia for mais forte que o olhar
Enquanto a publicidade falar por nós



Somos







solos



ilhados



Calados dentro do peito
Enquanto as relações são comprimidas pelos impulsos restantes
Enquanto as amizades dependerem da mesma operadora telefônica.



Ilhados



Somos







Solos



A tecnologia criou os mais saborosos biscoitos, mas o prazer de degustá-los só chega até as pontas dos dedos.
Poupe tempo seu amigo imaginário já desconfia que não existas e não se surpreenda se também tiver dúvidas.



Sonhos coletivos



Somos coletivos



Somos o sabor das bocas



Somos parte-todo da Cidade



Somos o que mais preciso for



Para resgatar o amor



Por mais que tenha que sangrar
E servir de vinho ou pão



Não



Sonho







Solos



Coletivos.

2 comentários:

A Menina Sem Século disse...

lindooooooooo
amei!arrasou!!!

ainda bem que nossos solos são coletivos
é terra de sonhos unidos
é chão com reflexo do céu infinito
é brilho convergindo
é sabor das bocas destemidas
é coração pulsante
nosso solo é vibrante
E se Somos parte-todo da Cidade
é transformando nosso solo que a gente vai ampliando a realidade...

Hildebranda disse...

nossaaa!ameiiiii!